Eu me apaixonei quando você viu o caos que há em mim e não fugiu.

Maré.   (via r-epreendida)

(Fonte: cuidavel)


O mundo fica mais bonito quando a gente carrega coisas boas no peito.

Clarissa Corrêa (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)

(Fonte: c-a-n-a-r-i-o)


Minha vida mudou muito nos últimos anos. Eu mudei muito nos últimos anos. Mudei sem oferecer a menor resistência. Mudei sem me surpreender com as mudanças. Elas simplesmente apareceram, aconteceram, me invadiram e se instalaram. Então, eu finalmente me senti em casa dentro de mim mesma. E hoje, mais do que nunca, sinto que não devo nada para ninguém. A gente demora demais para se livrar de pesos e culpas. Mas um dia, finalmente, a gente acorda. E descobre que tem uma vida inteirinha pela frente.

Clarissa Corrêa. (via auroriar)

Somos todos apenas efeitos colaterais.

A Culpa é das Estrelas.         (via auroriar)

(Fonte: ROMEUEMCRISE.tumblr.com )


Quando eu tinha cinco anos eu inventei de subir em um muro para me equilibrar, nessa idade eu pensava que se andasse em cima do muro seria a pessoa mais incrível da turma de amiguinhos, só que como é previsto para uma criança dessa idade que com seu espírito desbravador toma atitudes incompatíveis com sua idade e capacidades mentais minha tentativa foi falha, um fiasco total, arrebentei toda a minha boca e passei o mês cheio de pontos e fazendo uma dieta baseada apenas em líquidos, acho que esse momento da minha infância é o que melhor descreve minha vida atualmente. Quando eu te conheci você me proporcionava o amor mais seguro e pé no chão que eu já tive, você me entendia e supria todas as minhas necessidades de carinho que eu admito eram enormes. Só que com o tempo sua gangorra emocional, suas múltiplas personalidades tornaram nosso amor uma árdua caminhada em uma corda bamba era quase como escalar aquele mesmo muro que eu escalei anos atrás. Mas você sabe que o equilíbrio nunca foi meu forte sou um ser instável por isso percebi que eu só tinha uma saída me render ao chão que me esperava como um velho conhecido um alguém que me abraçava sem julgar minhas fraquezas.

Será a queda o início da minha cura? Morbidavel e Psicografou. (via starfinsh)

(Fonte: morbidavel)


Independente do que acontecesse em nossas vidas, eu me imaginava, ao fim do dia, deitado na cama ao lado dela, nós dois abraçados, conversando e rindo, perdidos nos braços um do outro. Não parece tão absurdo, quando duas pessoas se amam, certo? Foi também o que pensei. E, enquanto uma parte de mim ainda quer acreditar que isso seja possível, sei que não vai acontecer. Quando eu for embora de novo, nunca mais vou voltar.

Nicholas Sparks  (via starfinsh)

(Fonte: recomendar)


Às vezes as pessoas são tão bonitas! Não pela aparência física nem pelo que dizem. Só pelo que são.

A Menina que Roubava Livros   (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)

(Fonte: canceriangirl)


Page 1 of 593 1 2 3 4 5 6 »